Nóbrega e Sousa - Obra Musical

segunda-feira, março 24, 2008

Sérgio Borges: "Onde Vais Rio Que Eu Canto" (1970)

1970
Columbia / Valentim de Carvalho
8E 016 40063 M

1. Onde Vais Rio Que Eu Canto
(Joaquim Pedro Gonçalves / Nóbrega e Sousa)

2. A Voz do Chão

(Francisco Nicholson / Jaime Filipe - Victor Campos)

3. Velho Sonho
(Andrade e Silva)
4. Raining in My Heart
(Boudleaux Bryant - Felice Bryant)

Sérgio Borges (voz)
Joaquim Luiz Gomes (direcção de orquestra) - faixa 1
não creditados:
Adrien Ransy (bateria) - faixa 1
Pedro Osório (direcção) - faixas 2 e 3


Neste disco se encontra a versão original de "Onde Vais Rio Que Eu Canto", com que Sérgio Borges (n. 1944) venceu o Festival da Canção desse ano. Uma vez que Portugal decidiu apresentar o seu protesto pelo sistema de votação que então vigorava e que permitiu que em 1969 houvesse quatro vencedores ex-aequo no Festival da Eurovisão, o vocalista do Conjunto João Paulo não foi a este certame e levou a canção ao World Popular Song Festival, em Tóquio. Esta foi, aliás, a estreia do nosso país nesse evento, onde em 1975 José Cid lograria um 9º lugar e o prémio "outstanding composition". Desta vez, a representante portuguesa não chegou à final, mas a ocasião foi também importante por ter permitido a Sérgio Borges conhecer a canção "Pearls in Her Hair", dos húngaros Omega, que aqui se classificaria em 3º lugar. Em 1972, esta ocuparia o lado B do último single do Conjunto João Paulo, "Mar (Meu Pão, Casa, Pedra, Fome)", fechando assim com chave de ouro a sua carreira discográfica.

"Onde Vais Rio Que Eu Canto" contava com letra de Joaquim Pedro Gonçalves (n. 194?), então um jovem estudante que se estreara poucos anos antes nas lides musicais. António Mourão, Mirene Cardinalli e João Maria Tudella, entre outros, tinham já cantado palavras suas. De entre as outras três músicas deste disco, duas delas tinham sido também concorrentes ao Festival da Canção de 1970 - "A Voz do Chão", na voz de Rute, e "Velho Sonho", na de Artur Rodrigues - e "Raining in My Heart" fora um dos últimos temas gravados pelo malogrado Buddy Holly, em 1958.

Etiquetas: , , , , ,

12 Comments:

Blogger Fantomas said...

Queres saber da melhor???? A minha capa é diferente dessa :-)

25/03/2008, 00:33:00  
Blogger bissaide said...

A sério? Essa é a primeira vez que oiço falar!

25/03/2008, 00:44:00  
Blogger Fantomas said...

Eu já te mando :-)

25/03/2008, 02:08:00  
Anonymous Maria José said...

E querem saber a melhor? O grande "especialista/consultor" musical da série "Conta-me como foi",David Ferreira, colocou "Onde vais rio que eu canto " a tocar em 1969!!!

31/03/2008, 16:41:00  
Blogger bissaide said...

A sério?... Tenho perdido alguns episódios da série, infelizmente... Era bom que saísse em DVD!

01/04/2008, 08:44:00  
Anonymous dim said...

Há dias passei por Aveiro e vi um anúncio de uma apresentação de um novo livro dedicado a Nóbrega e Sousa. Fiz uma breve pequisa na net mas não encontrei qualquer referência.

11/06/2008, 12:52:00  
Blogger bissaide said...

O autor desse livro é Nuno Gonçalo da Paula e o título é "Nóbrega e Sousa - Música no Coração". A obra será apresentada neste Sábado, 14 de Junho, na Biblioteca Municipal de Aveiro, pelas 16h. Se pudesse, bem que lá estaria!

11/06/2008, 23:43:00  
Blogger Filipa said...

Correu lindamente!!
O livro está muito bem escrito.
Fala não só da vida de Nóbrega e Sousa, como tem testemunhos de outras pessoas que o conheceram.
Relaciona a vida de N. S. com os anos vividos no país e em Aveiro.

18/06/2008, 22:06:00  
Blogger bissaide said...

Acredito que sim, estou "em pulgas" para o ler! Obrigado pela visita e parabéns ao Nuno Gonçalo!

18/06/2008, 22:08:00  
Anonymous frc said...

http://fantomas-coisas.blogspot.com/2008/05/sergio-borges-1970.html

A outra capa deve ser ds edição lançada antes da vitória no concurso.

Li em qualquer lado que havia uma versão com orquesta e outra com o conjunto. Conseguem confirmar-me e em que discos saiu a outra versão.

10/07/2009, 13:00:00  
Anonymous frc said...

http://fantomas-coisas.blogspot.com/2008/05/sergio-borges-1970.html

A outra capa deve ser ds edição lançada antes da vitória no concurso.

Li em qualquer lado que havia uma versão com orquesta e outra com o conjunto. Conseguem confirmar-me e em que discos saiu a outra versão.

10/07/2009, 13:03:00  
Blogger bissaide said...

Tanto quanto sei, a versão com o CJP a acompanhar surgiu apenas mais tarde, já em CD. Em vinil, foi sempre publicada a versão com a orquestra dirigida por Joaquim Luiz Gomes.

11/07/2009, 22:38:00  

Enviar um comentário

<< Home